22
set
06

Sampa

Vi essa imagem e pensei em escrever sobre São Paulo, ou talvez sobre minha experiencia em São Paulo. Posso ser ainda mais otimista/pessimista e escrever sobre o meu futuro em São Paulo, ou fora dele. Mas não vou escrever muito.

De certa forma morar em São Paulo é estar sempre com o coração apertado. Seja por medo da violencia, seja por saudade da boa terra. Sem duvida o ponto fraco de SP, o que realmente mais me incomodava na cidade, era a constante sensação de insegurança. A eterna tensão ao voltar para casa sozinho de noite ao aproximar-se de um semaforo. Isso envelhece. Acho que em 2 anos envelheci 10 em SP.

Ficar sempre com o coraçao na mão tem seu preço.

Hoje resolvi tirar de minha mente o conceito de moradia, o conceito de “fixar residencia”. Morar para que?? Prefiro circular. Estar onde é mais importante para mim naquele momento. Sem compromissos, sem idéias fixas, sem formulas ou receitas de bolo.

Hoje moro em Salvador, Recife, São Paulo, Rio de Janeiro e brevemente Lisboa. São as cidades onde tenho negócios, familiares, irmãos e amigos.

Ficar de coração apertado nunca mais.

Ps.: as imagens que ilustram esse post são do artista plastico Paulo Von Poser e estão em exposição esse mês em SP

Anúncios

0 Responses to “Sampa”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


pedro:

  • Vou-me embora para Bahia, terra onde o mercúrio retrógrado não faz a menor diferença. 1 hour ago

colunas

www.pedrotourinho.me

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: