21
out
07

fontana


fui eu.

tinha que fazer isso.
a arte esta indo para um caminho que não conheço. pode ser ignorância minha também.
ou ansiedade.

muita informação, caos multimidia. e cadê a verdade?

sinto falta do concreto. sinto falta do real.

a tela é infinita, e portanto efêmera.
o suor, a tinta, o metal, a pedra. tudo trocado por megabits.

a literatura transformada em post. o sentimento maquiado pelo photoshop.
trocamos o lsd pelas telas de lcd.

a realidade transforma-se em imagem. a imagem transforma a realidade.
tudo através da tela de areia.

e a arte chora ansiosa por saber seu futuro.
e o renascimento sangra.

o futuro da arte está na hemorragia.
só seres vivos são capazes de sofrer.

e tudo há de acabar bem.

Anúncios

0 Responses to “fontana”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


pedro:

colunas

www.pedrotourinho.me

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: